Alexandre Frota

 Alexandre Frota

Alexandre Frota de Andrade

Nascimento: 14/10/1963 (55 anos)

É filho de Antônio Carlos de Andrade (Rio de Janeiro, 25 de junho de 1929) e Lais Frota (21 de Novembro de 1940), de origem portuguesa, açoriana, suíça e alemã, casada segunda vez a 19 de setembro de 1987 com Ronaldo Mauri Obladen. Foi descoberto em um concurso de jovens talentos para a indústria de vídeos da área amadora, alcançou grande destaque, depois da puberdade, quando começou a contracenar em filmes adultos. Atuou em diversas telenovelas na Rede Globo de televisão e também no cinema nacional. Foi casado primeira vez no Rio de Janeiro, Candelária, a 15 de dezembro de 1986, com Cláudia Raia, divorciados em 1989, e com Andréa Oliveira, este segundo durou apenas alguns meses. Tem um filho de Samantha Lima Gondim, filha de Antônio Marcos Lopes Sanches e de sua mulher Jaqueline Lima, Mayã Gondim Frota de Andrade, nascido a 1 de maio de 1998. Participou da primeira edição do reality show Casa dos Artistas, no SBT, onde se destacou ao lado de Supla. Voltou a realizar um reality show participando da Quinta das Celebridades em Portugal e ficou em segundo lugar, em primeiro ficou o polémico José Castelo Branco. Alexandre Frota voltou para Portugal, onde fez vários strips e esteve no espectáculo Sex Fever. Depois entrou em um novo reality show, Primeira Companhia, cujo o formato é um quartel onde José Castelo Branco também participou. Alexandre Frota posou nu quatro vezes para a revista brasileira G Magazine, sendo também o homem que posou mais vezes em menos tempo na história da revista (Outubro de 2001, Janeiro de 2003, Setembro de 2004 e Janeiro de 2006). Empresariou grupos de dançarinas de funk, em 2001. Em dezembro de 2005, foi investigado pela polícia por supostas ligações com o tráfico de drogas. Em 2004, surpreendeu o público ao assinar contrato com a produtora de filmes pornográficos Brasileirinhas, sendo o primeiro ator famoso no Brasil a assumidamente entrar neste ramo. Outros, como o ator David Cardoso, já haviam atuado nesse tipo de filme, mas sempre escondidos por pseudônimos e, posteriormente, negando em entrevistas que haviam trabalhado como atores pornô.

1377 visualializações